Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

LAVENDER ON FIRE

quando caminho sobre os restos de palavras secas que anunciam a morte das árvores ateio todos os incêndios debaixo dos meus passos que restam como pausas sossegadas entre dois soluços de vida entre dois suspiros de morte entre dois beijos trocados e entre duas lágrimas doces que o sal ficou com a vida E quando passo através desses incêndios apenas a minha sombra resiste à intensidade do tempo que escorre veloz entre cada ruga instalada na minha pele colada na imagem do espelho destacada no passado das fotografias E sempre que a sombra abandona o seu corpo...

...o que é que acontece?!...

NADA


16 comentários:

Teté disse...

Luz e sombra, são sempre os dois lados do mesmo ser.

Gostei desta tua prosa... poética!

Beijoca, Su!

Porcelain Doll disse...

Os incêndios servem para queimar o passado... deixar o caminho limpo para podermos escrever uma nova história... até que o vento termine a tarefa e limpe cada grão de pó de cinza e deixe descobrir um caminho novo, onde tudo é mais simples, onde os pés não andam, mas sim deslizam... quando passas através desses incêndios, a tua alma renova-se, renasce, sem nada que já não lhe faça falta... a sombra sobrevive e depois de avolumar-se perante as labaredas, surge mirrada extinto o incêndio... dando lugar à luz... o tempo escorre levando consigo as cinzas e os restos...e olhando para trás vislumbra-se o vulto do tempo perdido, mas mais vale olhar para a frente e ver o ainda longo caminho a percorrer, é certo, mas de onde se avista já o arco-íris... com o tempo a andar para trás, as rugas esvaem-se, alisam-se e rejuvenescemos numa vida com maior significado... porque é a felicidade que mantém a alma e o corpo jovens... a felicidade verdadeira.

Quando a sombra abandona seja o que for, existe apenas uma única possibilidade: a de ser imundada de luz, até que busquemos novamente a sombra... pois não resistimos a tanta luz durante muito tempo...

É isso que acontece.

:-)

C. disse...

abandonará a sombra o seu corpo?

bonito su.

beijo

Giane disse...

"...colada na imagem do espelho destacada no passado das fotografias"

Maravilhoso, Su. Maravilhoso.

Beijos mil!!!

Matchbox31 disse...

Gosto muito da tua forma de escrever...
Tens mesmo o dom da palavra. As tuas metáforas e analogias, são sempre fantásticas...
Muito bom, como sempre!

O Árabe disse...

Danosa talvez não seja a sombra que abandona o corpo... mas aquela que se projeta sobre a alma. :)

O Árabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Árabe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava !

Tens desafio/prémio no meu blog!

beijinhosssssss


p.s.- adorei desfiar todas as sensações do post;)

Lena disse...

Ola Amiga!!!!

Tanho um selo la no meu Blog para ti , passa por la.... So uma pregunta ainda nao receveste a minha troca? Bjs Lena:)

marinaebrunaartes disse...

ola su!estou um pouco desesperada pois vi que nas tuas troquinhas todas têem o dom de gostar de poesia ....eu sou sincera não é que não goste nunca me dediquei a tal..gosto de ler quando aqui venho ao teu blog.Estou aflita é como vou fazer a tua troca se te interessas tanto por livros e eu nem tanto??fala comigo please!!!bjs

Lu disse...

Olá Su...

Adorei o "Speak to the hand!"...faz-me lembrar um episódio vivido no Caramulo que me tira da alma as minhas maiores gargalhadas e que nos faz pensar...Como é fácil ser Feliz (...nem que seja por breves instantes!)...

Adoro-te Su!

Bjs Xl

Lu

Ana S. disse...

faz-se noite? :p

Já agora tenho uma duvida existencial. O Bono poetry não tinha morrido? Como é que de repente ele comenta-me, vou ao blog dele, comento e depois o blog deixa de existir? Ou tou maluca ou ando a ver coisas!!!
beijos

1/4 de Fada disse...

Gostei muito das tuas palavras, como sempre. Beijinhos.

JC disse...

Gostei do seu texto, em prosa, mas que nos faz transportar para a poesia. É sempre bom vir ao seu blog, pois encontrmos sempre bos textos, com mensagens muito profundas.
Beijinhos

Porcelain Doll disse...

Lindaa!! Lembras-te que eu o outro dia estava com imensos problemas "existenciais" por causa de ter muitas ideias, muitas ideias e não saber o que fazer com elas e depois atulhar o impressionantes impressões com rascunhos?? Pois é, estou muito contente porque resolvi o meu problema :-PP A partir de agora o Doll of Porcelaine vai passar a ser uma espécie de rascunho do Impressionantes Impressões; de cada vez que tiver uma ideia, meto-a lá e depois se achar por bem, repito-a no Impressionantes Impressões eheheh!! Eu já pareço as minhas garotas a explicar-me detalhadamente a organização dos seus cadernos ihihih!! Como vês, a minha vida é só problemas ahahaha!! Mas pronto, olha, estou com saudades de um post teu, calculo que agora devas ter bem mais do que fazer, eu também tenho, mas olha que se lixe ihihih!! De maneiras que me apeteceu vir-te aqui deixar o link só para dares uma espreitadela eheheh... acho que ficou munito!!

http://dollofporcelaine.blogspot.com/

Tem inclusivamente posts inspirados em comentários que fiz em blogues de outras pessoas...

Bjoka, linda!!