Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 18 de março de 2010

CONCERTO: FLORENCE AND THE MACHINE

Na noite de 16 de Março de 2010, à porta da Aula Magna (Lisboa), viam-se alguns cartazes com o pedido de compra de bilhetes para o concerto de FLORENCE AND THE MACHINE. Isto porque os bilhetes, desde há algum tempo, estavam esgotadíssimos nas bilheteiras. A Aula Magna estava repleta de um público essencialmente jovem, muitos estudantes universitários que se faziam acompanhar das suas pastas, malas e jantares improvisados de gomas e chocolates.
O palco estava montado e decorado, no fundo, com um pano negro repleto de folhagem e flores.
Eram 21 horas quando começou a primeira parte com a banda britânica SIAN ALICE GROUP. São considerados uma banda de post rock, com bastantes laivos experimentalistas. Sem dúvida! E isso pôde ser constatado em palco. Estão formados desde 2006 e a frágil ,mas belíssima voz feminina, está a cargo de Sian Ahern. Muito poder em palco, muito experimentalismo e sons que nos levavam a acompanhar o devaneio artístico desta banda. Entretanto, começamos a aperceber-nos de uma presença saltitante numa das laterais do palco: era a própria Florence e a sua banda, que assistiam à primeira parte, dançando freneticamente! No último tema de Sian Alice Group, Florence decide sair do seu lugar e acompanha Sian ao tambor, terminando num abraço entre as duas. O público aplaudiu, em pé, Sian Alice Group. Após nova preparação do palco (introdução da harpa, das flores nos microfones e no tambor, colocação de três gaiolas que aprisionavam luzes no seu interior), entra a banda de Florence Welch, seguida da própria. Uma presença frágil, descalça, de vaporosa mini túnica branca, que deixava Florence executar os seus descoordenados mas constantes e enérgicos passos de dança. Desde o primeiro tema até ao último (cantado no encore), a energia e potência da voz de Florence foi explorada ao máximo. Também foi constante a sua boa disposição, traduzida nas suas gargalhadas e saltos pelo palco, tal e qual como se fosse uma fada ou ninfa a passear pelos bosques. Florence "manipulou" (de um modo muito positivo) o público português, levando-o a fazer coreografias ousadas e verdadeiramente loucas, como se estivesse a satisfazer os seus caprichos. E Florence delirou com isso, afirmando que foi o melhor público da sua tournée pela Europa, sendo este mesmo público que encerrava, como se fosse chave de ouro, esta sua digressão. Contra as regras institucionalizadas na Aula Magna, a vocalista queixou-se de que não estava habituada a ver o público assim tão compartimentado, nas suas cadeiras, mesmo que em pé. E pediu para o público dirigir-se todo para a beira do palco. Que todos os que estavam no anfiteatro saltassem o balcão e viessem para baixo. Incrédula, a assistência, olhava de uns para os outros...até que, para desespero dos seguranças, os membros do público começaram a saltar de cadeiras em cadeiras, pelos corredores, e sobre o balcão e condensou-se tudo à beira do palco. Foi impressionante ver a massa gigantesca a mover-se daquela forma, submetida à vontade simpática daquela cantora, que fazia tudo o que queria com o seu público. Florence estava em casa. E foi deste modo que apresentou o seu único álbum: "Lungs". Vale a pena conhecer. Tem temas excelentes, muito animados, com letras inteligentes e divertidas, ao mesmo tempo que nos oferece a voz potente de Florence Welch. O sítio desta banda no MySpace: www.myspace.com/florenceandthemachine
Ficou provado que FLORENCE AND THE MACHINE é uma grande banda para animar um festival de Verão...a ver se regressam!



12 comentários:

Matchbox32 disse...

As fotos do concerto são bem interessantes... mas confesso o meu total desconhecimento acerca desta banda.

Beijinhos!

su disse...

Olá Match! :)
Vale a pena conhecer, especialmente pela voz dela que é GRANDE. ;) Experimenta conhecer, também, Sian Alice Group!

Beijinhos.

Marcelino Novais disse...

Tambem achei de muito interesse suas fotos, porem achei que deveria ter explorado mais angulos todas elas estão centralizadas no mesmo lugar certo?
beijosa

Teté disse...

Bom, até tu teres falado dela também nunca tinha ouvido nada acerca da cantora ou do grupo...

Mas o importante é que te divertiste!
:)

Beijocas!

Margarida Oliveira disse...

foste ver?!! tu não perdes um! beijos

Flora disse...

Olá Su...
Bateu-me a saudade e vim visitar-te!
Sempre muito à frente o teu espaço, vejo que o concerto foi bom, um beijo...
Flora
www.100-rumos.blogspot.com

Joana disse...

Ando com pouco tempo para as visitas que eu gosto tanto de fazer, mas não me esqueci nem de ti nem do teu cantinho!
Um beijinho. Tudo de bom!

Porcelain Doll disse...

Ouvi a entrevista dela, depois de tu me teres chamado "ma teres apresentado" :) Pareceu-me muito alternativa, gostei da postura, sobretudo isso. Obrigada por seres uma "informadora" do melhor que há!! xD Beijos, amiga!!

Coração de Feltro disse...

Olá Su

Não sei se estas a receber os meus e-mails, mas gostava que me dissesses alguma coisa, certo?
Fico a aguardar.

Miká

Giane disse...

Uma das coisas que mais aprecio no Teu blogue Su é conhecer novas visões para tudo: desenho, viagem, filme, fotografia e principalmente música!
Muito do melhor que aprecio hoje foi graças ao que publicas aqui.
Amei a descrição do show e a Florence.
Vou ouví-la no Myspace já.

Beijos mil!!!

O Árabe disse...

Atraente sugestão. Tentarei, sim, conhecer o grupo. Bom fim de semana.

tonsdeazul disse...

Grande noite a tua, Su! :)
Numa próxima leva-me contigo, pode ser? :D