Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

És o pecado frio da minha vingança ardente
Entre
reposteiros de almas carregadas de plumas e de incenso
Entre pesos de pedras por limar e de sedas rasgadas
Encontro-te entre a fúria de retratos pregados na cruz
E rasgo-te entre as frestas de feridas abertas
Assimilo a tua existência como o vazio recorrente
Que recheia a memória de comas persistentes
Devoro o teu nome como um Louva-a-Deus
Se entretém a mastigar compassadamente a vida
Enquanto mergulho na renitência da dor
Sinto a alma renascer das cinzas líquidas do teu sangue
E as asas que me nascem do fundo deste corpo
São fúrias aladas que devastam a tua imagem
Nas sombras negras que voam e caminham por mim
Não assino o meu nome na minha obra
Porque não restou nada de ti para se terminar

11 comentários:

f@ disse...

Então a noite não deixa orvalho na teia!!!...
resta sempre algo... terminar é sombra ...
Su a música :
TITULO : DUET LITTE
ARTISTAS: CIRQUE DU SOLEIL
ALBUM CORTEO

Este album tem músicas mto bonitas mas podes ir a Youtube e ver ouras tb que tem imensas... eu não tenho os CD'S senão gravava-te ,... gosto mto tenho é os filmes mas logo este que é o meu favorito não tenho... mas vê no you tube ou no meu lá no meu blog ao escuta-me baixinho - IMEEM- clica no nome da musica...
beijinhos das nuvens

su disse...

f@: Obrigado pelas informações sobre esse álbum...pelo menos, essa música é encantadora. Mais logo, vou pesquisar pelo youtube...mas mais uma vez obrigado pela atenção e disponibilidade.

Eu costumo expulsar esats sombras para a Teia Negra...mas hoje senti que era aqui que devia ficar...
Coisas...enfim...

Um beijinho bem grande em fio.

Maria disse...

Olá! Obrigada pela visitinha ao meu blog e também pelos elogios :). Obrigadíssima pelo convite, mas neste momento estou "assoberbada" com tanta troca! Bjinhos

/t. disse...

wow, su

even english
(half)translations
of this post is awesome

strange, but cool!

¤ ¤ ¤

/t.

Kátia disse...

Ah! que belo achado!Adoro Cirque de Soleil e suas músicas principalmente.Este escrito está no PONTO!
"Não assino o meu nome na minha obra
Porque não restou nada de ti para se terminar"
Este trecho me fez lembrar de algo que já...passou.

Beijo Su!--leu o email criatura?-
:)

su disse...

maria: Olá. Tudo bem...isto das trocas leva-nos imenso tempo. Ficou o convite. Beijinhos.

/t.: Thank you...wouldn´t you like to learn portuguese?! ;p There are some kind of strange feelings that in me they transform in words. And that´s the result...thanks a lot! Kisses.

kátia: Obrigado...é todos nós acabamos por passar por experiências idênticas de algum modo. Passando para palavras outros que as vão ler "vestem-nas" de acordo com o seu estado de espírito...por isso é que o poema assim que acaba de nascer perde-se do seu autor para ser de quem o queira.
mail lido e quase respondido! ;)))))) Beijo GRANDE!

1/4 de Fada disse...

Revi uma pequeníssima, felizmente, fase da minha vida neste poema (teu?)... Todos atravessamos épocas sombrias... O segredo é sairmos delas mais fortes, como a mensagem daquele cartoon da cruz que tu me mandaste por mail e que eu adorei.
Olha, a propósito de músicas, youtube, etc, do que te disse a Fa lã em cima, o meu filho tem uns "segredos" de que eu te vou falar por mail...

Teté disse...

O poema revela um estado de espírito algo negro, não é?

Espero que esteja tudo bem por aí...

Beijocas grandes, Su!

su disse...

1/4 de fada: Sim, meu poema...como disse algures ali em cima, este até evia estar publicado era na Teia Negra...mas pronto...ficou aqui. Há poemas que servem a vários estados de alma...a momentos...olha, estou curiosa com esses tais segredos. Venham eles. Venha o mail! ;)) Beijinhos grandes.

Teté: Só uma fase...up and down...isto é como tudo...e depois nas letras e palavras parece que tudo fica mais "extremo"! Tudo bem.

Um beijinho ENORME!

Diego disse...

GOSTEI :D

Voltei ;)

su disse...

diego: Obrigado. Bom regresso. Beijinhos.