Pesquisar neste blogue

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Primeiro dia de fuga ao Carnaval!

Carnaval fora, na Quinta da Prova (turismo rural)...recebidos com toda a simpatia do povo minhoto, aqui mesmo à beira da Ponte da Barca...e com um bolo típico, acabadinho de fazer simplesmente delicioso!
Este é o "nosso" cantinho temporário:
Neste primeiro dia, fomos visitar a Citânia de S. Julião, entre as freguesias de Coucieiro e S. Vicente da Ponte. Os inícios deste povoado datam de XI/ IX a.c. e apresentou ocupação romana. Terá sido uma capital de um povo cujo nome se desconhece. No derrube de uma das suas muralhas foi encontrada a estátua de um guerreiro galaico, de grande qualidade artística, com um saio profundamente decorado, bem como cinturão, apesar de não ter cabeça. No escudo apresenta a seguinte inscrição: MALCEINO DOVILONIS F(ilius). O promontório deste castro está dominado pela capela, que ocupa o lugar de destaque, sendo que o castro (a parte que se encontra escavada) encontra-se um pouco devotado ao abandono.
Em Póvoa do Lenhoso, fomos em busca desse resto de castelo, do qual a cidade se vale em termos turísticos, para o encontrar escondido por detrás da Igreja datada do século XVIII......ambos situados sobre um monólito deveras colossal (um dos maiores da Península Ibérica). Ficámos a saber que o castelo foi quase totalmente destruído para se construir esta igreja (século XVIII...outros valores mais alto se levantaram!). Restou, então, como dizíamos há pouco, uma torre de castelo, que para variar, recebeu-nos de porta fechada. O que restou também do castro podemos observá-lo na descida, num conjunto pequeno de casas circulares.
Saindo Da Póvoa do Lanhoso, ainda fomos visitar um lugar escondido que nos foi sugerido pelo livro "Lugares Mágicos de Portugal e Espanha", de Paulo Loção:
...perto do sítio Garfe ( e ainda bem que estamos na era do GPS), com a orientação amável de uma das habitantes dessa aldeia, fomos espreitar as "Pias dos Mouros". Através de um caminho de outras eras recortado de um autêntico conto de fadas......encontramos este vulto granítico que apresenta três pias, duas delas sempre cheias de água, seja no inverno ou no verão......considerado um local sagrado, de misteriosas potencialidades curativas.
Rumo à Citânia de Briteiros (Guimarães)...esse emblemático local...não nos cansamos de a visitar. Primeiro uma paragem na Casa de Chá que com a sua parede de vidro domina uma vista "magicamente" espectacular. Depois de um chá quente, iniciamos a visita (3€) com direito a mapa (ao qual juntamos a compra de um roteiro valiosíssimo, no valor de 2€) pelas ruas da Citânia. São profusas as quantidades de mós descobertas neste local. As ruínas foram descobertas pelo arqueólogo Martins Sarmento, em 1875. Esta povoação apresenta traços culturais celtas, dentro de um espaço de três muralhas, com dois metros de largura e cinco de altura. Apresentou uma influência romanizada evidente a partir do século I a.c., através das descobertas de moedas, inscrições latinas, fragmentos de cerãmica e de vidro. Assim como a actualização das casas circulares com uma planta rectangular. É uma citânia com duas amplas avenidas (acompanhadas de canais para conduzir a água)......uma delas conduzindo a um balneário onde se encontra uma das duas Pedras Formosas. A Casa do Conselho, com um banco interior corrido é outro dos pontos fortes.No alto apresenta duas casas reconstruídas, perto de uma necrópole já datada do período medieval. Esta citânia terá sido definitivamente abandonada no século III.
Um lugar intenso que nos faz recuar às nossas raízes mais ancestrais...mas que nem por isso nos tira a fome para irmos até Guimarães, comer umas deliciosas e famosas Tortas de Guimarães.

...e amanhã há mais!

15 comentários:

Giane disse...

Oi, Su!!!

Que "baile de carnaval" maravilhoso, esse seu e do Taliesin!

Beijos mil!!!

Menina do Rio disse...

Adorei as imagens! Um ótimo carnaval pra ti, Su

Beijinhos

Sandra Daniela disse...

Olá! Esses lugares são fantásticos! Belas fotos!

Bonita forma de passar o Carnaval!!!

Beijinho

Borboleta disse...

Mais um passeio lindíssimo :) E bem documentado :D
Boas férias :)

Ana Paula disse...

Querida seu blog está maravilhoso! Parabéns!!! Tenho um selinho pra ti! Beijocas!!!!

Ana Paula disse...

Que lugares lindos madrinha!!! Fiquei completamente apaixonada!!! Curta bastante!!!!! Beijocas!!!!

tonsdeazul disse...

:) Boa fuga ao Carnaval! Quem me dera também andar por esses lados!! Boas caminhadas, Su!
Beijocas

BlueVelvet disse...

Que bela decisão.
E que lindo sítio para deixares passar o Carnaval.
Beijinhos

Nitrox disse...

Quase que estive lá. Bela viagem.

Fica Bem!

gracinda disse...

Gostei muito da música.
Da fuga, falamos depois. :)

Beijo grande

Matchbox32 disse...

Descobres sempre sítios fantásticos!
Assim, sim. Vale a pena o Carnaval.

Beijinhos!

Mel de Carvalho disse...

Nenuquinha,

acabei de viajar contigo. Saudades mil, milhões.

Beijo
Mel

Daniela disse...

Tens um desafio no meu blog! ***

Coração de Feltro disse...

Olá Susana
Não sei se já viste mas já saiu o resultados para a troquinha dos gatos do blog da Ana Afonso e eu sou a tua parceira.
Como não encontrei o teu endereço gostava k me enviasses 1 mail.
Fico a aguardar.
Lindos estes locais, alguns deles já conheço, por acaso =)
Bjinhos do Coração <3
Miká

Porcelain Doll disse...

Lugares mágicos, sem dúvida!! :-D Que viagem encantadora e deliciosa esta tua!! Ando com tanta vontade de viajar, mas tão pouca disponibilidade... e tão poucas oportunidades também!!

Beijosss!!