Pesquisar neste blogue

domingo, 21 de junho de 2009

TWO LOVERS

Ontem assistimos a um filme americano que não parecia americano. Se para alguns isto não é a melhor das introduções, ou apresentação deste filme, é melhor parar de ler o post por aqui!
De facto, este filme, Two Lovers (que irá ter a tradução de "Duplo Amor" ou "Amantes", com data de estreia prevista para o próximo mês) esteve nomeado para a Palma de Ouro, no Festival de Cannes do ano passado. Com uma magnífica realização de James Gray, é baseado numa história de Dostoevsky: "White Nights". Tem todos os ingredientes típicos de um filme europeu, e quase naturalmente não damos conta de que a acção decorre, na íntegra, em Nova York.
Os planos de realização, muitas vezes, são autênticas fotografias que jogam sublimemente com as sombras, os contornos dos corpos e os contra-luz, ao mesmo tempo que a acção é engrandecida com os excelentes diálogos derivados de um igualmente excelente argumento, que faz ressuscitar o género do romance cinematográfico. A sensibilidade é como que capturada em diversos e únicos enquadramentos digitais.
Assim sendo, e resumidamente, temos Leonard (Joaquin Phoenix) que vive em casa dos pais e trabalha no negócio da lavandaria da família. Leonard saira, há uns anos atrás, de um noivado desastroso, que o levou a descobrir que é doente bipolar, com todas as consequências deste género de doença (tentativas de suicídio, auto-flagelação). Os dias na sua vida sucediam-se uns após os outros, sem qualquer género de "cor" até que surge Michelle (Gwyneth Paltrow), a sua nova vizinha. Entretanto, os seus pais apresentam a Leonard um casal amigo e a sua filha, Sandra (Vinessa Shaw). Rapidamente, Leonard deixa-se envolver com Sandra querendo, no entanto, envolver-se com Michelle. O argumento vai girar em torno destas personagens: Leonard, um rapaz que quer voltar a acreditar, furiosamente, no amor, e que ao depositar essa crença, algo obsessiva em Michelle, liberta o seu EU mais onírico, sonhador, um pouco adolescente. Michelle é a vizinha que sofre de uma espécie de hiperactividade; mantém uma relação com um homem casado e procura em Leonard o irmão ou o confidente que não tem. Sandra é o ponto de apoio ou refúgio de uma vida que poderá vir a ser perfeita ou estável para Leonard, e é apaixonada por este último. Ninguém morre de amor, no entanto, assistimos a "partos difíceis" no soberbo desempenho destes actores, enquanto entregam a sua alma ao desempenho dos seus papéis. E não podemos deixar de sentir a carga emocional que deriva de cada um deles, os conflitos que nascem e as esperanças que acompanham o espírito de sacrifício.
Não avanço mais na história...apenas deixo entreaberta a possibilidade de irem assistir a um grande filme, que pelo que se ouve dizer, contém a última participação cinematográfica de Joaquin Phoenix (infelizmente!).
Procurem nos planos soltos as frases sentidas, os símbolos, as imagens, a poesia e os duplos significados...de certeza que aí saberão do que estou a falar.


15 comentários:

Ana Paula disse...

Querida madrinha, como sempre, seu blog é o melhor!!!! Amo suas dicas de filmes, músicas e o clima sombrio que todo gótico de coração sonha que um dia possa viver! Super beijo, estou com quase tudo pronto pra te mandar!!! Beijocas!!!!

Joana disse...

Olá!!!
Desculpa só agora responder...
AS coisas por este lado têm andado um pouco alucinadas...
Quando vamos fazer a nossa troquinha? Não sei que data está prevista...
Gostei muito do teu blog e da música que começa a tocar quando abre!!!
Também és professora??? Muito bem! É engraçado encontrarmos colegas de profissão nestas andanças!!! Boa sorte a muita paciência com a época terrível que se avizinha!!!
Papéis, papéis e mais papéis!!!!
Ah, quanto à imagem do meu blog, para o obteres fazes da seguinte forma: adicionar aplicação, html, tens de colocar o ambiente do blog todo branco (há uma opção para isso, mas agora não me recordo do nome!), depois vais ao meu blog e, no canto superior esquerdo, seleccionas o ítem relativo Àquele aspecto do blog. Entras numa página onde tem vários fundos. Copias o código que te interessa e colas na aplicação html. Depopis é sóp ajeitar a cor das letras do blog! Espero não ter sido muito confusa e que te possa ter ajudado!
Pronto, acho que hoje fico por aqui!
Depois diz-me quais são as tuas preferências para que possa fazer alguma coisa de que gostes!
Eu gosto muuuuuuiiiiiittoooooo de joaninhas, as borboletas não me atraem tanto...
Acho que é desta... chau!!!
Um beijinho e boa semana de trabalho!|

Mel de Carvalho disse...

Minha querida "nenuca"...
longe e sempre perto, acredita.

E vim, e li. E concluo que hoje e sempre, para além da qualidade que sempre pautou os teus blogs, impera a imensurável sensibilidade e a estética.

Beijo maior, extensível aos daí...
Mel

Teté disse...

Parece-me uma sugestão a seguir, tanto pelo que descreves do tema do filme, como pelos actores.

Beijocas e boa semana para ti! E festas aos bichinhos, está claro! :)

Porcelain Doll disse...

Não sei se estás a ver... eu tenho de ver este filme... eu PRECISO ver este filme!! Só espero não ser mais uma vez ostracizada por viver o interior... eu quero este filme para mim! :P

(Obrigada pela excelente e incrível dica... mais que dica... acho que se trata de um excelente conselho! :D)

Matchbox32 disse...

Como as tuas sugestões cinematográficas são sempre boas, esta não será excepção concerteza.
Vou tratar de ver!

Beijinhos!

Giane disse...

Su...

Juntamente com "Orlando" este será um filme que vou procurar assistir por aqui (não sei como - filmes como esses, bons mesmo, dificílmente entram em circuito comercial ou são lançados em dvd no Brasil)mas vou tentar assim mesmo.

E como assim, a última "participação cinematográfica do Joaquim Phoenix?"


Beijos e agradecimentos mil, pela cultura que sempre dá-nos de presente!!!

Luciano Fraga disse...

Su, vou ficar no aguardo,gostei da dica,espero encontrar rápido,abraço.

Rute disse...

oi amiga, parece-me uma sugestão muito interessante ir ver este filme, mas agora com a minha clarinha fica dificil ir ao cinema e quando a ocasião surge o cansaço fala mais alto e já nem saimos de casa.. enfim...
pode ser que o veja quando sair o dvd.
Desejo-te uma bosa semana
bjs

Rute disse...

oi amiga, parece-me uma sugestão muito interessante ir ver este filme, mas agora com a minha clarinha fica dificil ir ao cinema e quando a ocasião surge o cansaço fala mais alto e já nem saimos de casa.. enfim...
pode ser que o veja quando sair o dvd.
Desejo-te uma bosa semana
bjs

Ruela disse...

Finalmente consegui comentar...problemas técnicos.
Vi o post, obrigado ;)



bjs.

su disse...

Vale bem a pena.
Tem-se feito muito comédias românticas ultimamente...este vai "desenjoar" um pouco, cativar e fazer pensar, acima de tudo, sentir acompanhando as personagens.
Último filme porque este actor, o Joaquin, anunciou que vai abdicar da sua carreira enquanto actor para se dedicar à sua carreira de cantor! Temos pena...eu pelo menos tenho!

:)

tonsdeazul disse...

Deixaste-me curiosa em relação a este filme. :)
Beijinhos

Cláudia Art Mão de Fada disse...

Olá amiga!!!
O mês de Julho esta chegando e bate na porta seu aniversário!!!
Que ótimo!!!
Como vc faz parte do clube de aniversário!!!
Preciso do seu endereço de correspondência o mais rápido possível, pois irás receber mimo do clube de aniversário!
Me mande para meu email: emocaoporumfio@bol.com.br
Beijokas pra ti!!!

Borboleta disse...

Fica a sugestão! Não esquecerei ;)
Beijinhos