Pesquisar neste blogue

terça-feira, 16 de junho de 2009

UM CERTO UNIVERSO

Lembro-me
você dizia:
"para ser feliz,
terá que comer em minhas mãos."
Então,
passei a comer
em seu prato
naquele sepulcro
dividimos as refeições
aproveitei os restos
repartir com os ratos
amanheci com um pires na mão...
Hoje,
morrer de fome é o bastante
para ser feliz
nas águas sagradas da solidão
onde mergulho de cara...

(ilustração de outro poema: "Síndromes")
in VAGA LUMES de Luciano Fraga
com capa, contra-capa e ilustrações de Ruela
Há uns tempos atrás recebi este livro em casa, oferecido pelo Ruela ( o grande artista digital do blog http://neoartes.blogspot.com/ - visitem-no!). Andei a "saltitar" pelos poemas e pelas ilustrações, e agora de caminho de leitura completamente feito, partilho convosco um dos poemas. Pequenas partes que nos podem parecer o Tudo ou o Todo (como preferirem!).

Mais uma vez, obrigado Ruela.


9 comentários:

Teté disse...

O artista digital "hipnotizante", não é, Su?

Como sempre, consegues uma combinação que texto e imagens, "electrizante"! :)

Beijocas!

Matchbox32 disse...

Bem interessante o poema. Por acaso, não conhecia. Tenho que fazer uma visita a esse artista.

Beijinhos!

Luciano Fraga disse...

Su, grato pela sua generosidade(tá no blog), grande abraço(para você e Ruela).

Joana Carmo disse...

Olaaaa!!!! ;D
Obrigada pela tua visitaa!!! ;D
beijinhos***

Marcia Barbieri disse...

Lendo e relendo você é sempre surpreendente.

beijos ternos

Nitrox disse...

Está espectacular, também vou à procura de mais.

Fica bem!

Joana disse...

OLá!
Somos parceiras na troca Borboletas e Joaninhas!
Quando puderes diz qq coisa!!!
Um beijinho e bom fds.

Porcelain Doll disse...

Grande poema... morrer de fome far-nos-á bem... quando antes quisemos alimentar-nos de veneno... incrível ilustração... será que é assim quando se mergulha de cara na solidão?

Adoro esta música... adivinha quem ma "apresentou" ;)

Beijos!

Ruela disse...

;)










bjs.