Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

FANTASMAS - PIRATAS

fantasmas que aparecem por tudo e por nada. Deixam o passado preso ao que lhes restou de ontem.
Não se soltam nem se deixam soltar…não sabem ir. E assim assaltam os viajantes incautos desta vida, a qualquer hora do seu ser. E aprisionam as suas almas em prisões
invisíveis e discretas, cujas portas nunca foram, sequer, inventadas.
De suaves vozes
brancas, sem sombras do que são, encantam fingindo estar encantadas, e o seu abraço lento e imutável, cerca-nos a esperança de Vida. Ficamos presos, imóveis, olhando a memória, olhos nos olhos, enquanto tudo à nossa volta precipita-se na velocidade do quotidiano. Suspeitamos que nunca soubemos o que era existir. Nem queremos olhar mais para trás. Cedemos ao abraço inebriante com uma alma relaxada. Despimos o véu do corpo humano e abandonamo-nos à simplicidade silenciosa da tormenta.
As nossas
asas cortadas para não fugir…eis porque não se vê esta prisão.

Estarei por ali…

19 comentários:

Teté disse...

Su, nem sei o que dizer! Encontraste algum desses fantasmas?
Às tantas, pode ser que o vento sopre essas sombras...
A prisão das asas cortadas? Nunca terás! Tens o dom de sonhar...
Abração, amiga!

Matchbox30 disse...

You can fly without wings!

Papoila disse...

Querida Su:
Fiquei presa ao teu texto...
Não te vejo presa a fantasmas.
Beijos

amandotefx disse...

tao kido o teu blog! adoro a musica! é tudo poetico! adoro

impulsos disse...

Imagem... espectacular!
Texto... sem palavras!
Música... demais!
Tudo junto... uma delícia de post!

Consegues surpreender sempre.


Beijo

-›¦‹-Sombras-›¦‹- disse...

"Ficamos presos, imóveis, olhando a memória..." mas a memória pode ser mentirosa enquanto que a imaginação é o mais forte
dos sentidos... E essa felizmente não te falta!
Beijinhos

somentebia disse...

Às vezes somos pássaros presos em gaiolas de portas abertas... O que nos prende nem sempre se nos afigura de forma coerente, clara, concisa. É necessário que saibamos ler os 'sinais' de que podemos, que devemos, que somos aptos, que ficam por momentos a toldar a visão. As asas, amigas, sempre (re)nascem... no momento certo. Há que se esperar o bater delas às nossas 'costas' e o estalar do vento descerrando as portas... Quando isso acontecer... voa menina linda, voa!

Ficam pétalas, beijos, e o desejo de uma ensolarada e alegre semana.

Mago dos sonhos disse...

Saudações!

Perfeitas palavras, inebriante pensamento. De fantasmas somos feitos, qual alma de tenaz e livre aparição, somos elo de uma libertina corrente, olhar imperfeito, que mais não quer senão, ver o que somente anseia, fantasmas existem em todos os cantos, até mesmo, nos nossos mais recônditos recantos...

Beijo Mágico

Celestine disse...

nice pic. who isit by?

cõllybry disse...

Pois é verdade, querida Su, quando as Almas entram em comflito, não partem...então pairam por ai...

Ummm como gosto de te ler...

Bjcas doces

Lu disse...

...podemos sempre iventar uma porta...Um beijo grande amiga.

Bjs Xl

Lu

Borboleta disse...

Pela forma como escreves custa acreditar que te deixes prender a fantasmas, e muito menos deixares-te aprisionar e acomodar... Estarei errada?
Bjs.

Azer Mantessa disse...

"Despimos o véu do corpo humano ..."

very nice then :-)

err ... but a bit scary tho ... luckily i see a naked ghost ... a beauty. should i wake up and see a ghost like that, please don't put me back to sleep. should i only am dreaming, please don't wake me up

:-)

anyway, a very nice posting ... a worthwhile ... :-)

Dream Alive disse...

Olá!

Laura Esquivel ainda nao li mas ja ouvi falar muito bem dos livros; li sim quase todos os livros do Brian Weiss onde podemos assistir gradualmente à evolucao do espirito duma pessoa que aparentemente era o mais banal possivel, no entanto trazia consigo aprendizagens e revelacoes surpreendentes para o contexto da nossa actual existencia; Muitas vidas, muitos mestres foi o inicio duma aventura que me deixou com a respiraçao suspensa, foi um dos que mais me marcou. Estou agora a ler tambem, conversas com Deus volume 2 do Neal Donald Walsh, deves conhecer quase de certeza e outras obras do Osho em que a mistura entre a simplicidade da sua escrita e a profundidade das suas teses fazem do livro um Enorme apendice para que deseja conhecer os caminhos da Meditaçao!

Enfim tens aqui quem tambem se interessa pelo tema!

Parabens pelo Blog!

Beijinhos!

Dream Alive disse...

... Parece-me que esse post dos fantasmas é o teu grito de liberdade que afastou o teu possivel medo deles, mas tambem me parece que falas ai de muitos fantasmas, no entanto quando sabemos que eles existem e ja passaram por nos entao deixamos de ter medo porque conforme subimos a luz do firmamento torna-se mais clara e libertadora! E isso é mesmo muito Bom!

Eduardo Jai disse...

Bem, apesar da ausÊncia prolongada juro que não sou um fantasma!

Espero que estejas bem, Su, e a usufruir do dia lindo que faz lá fora e cá dentro.

Um abraço grande caso ainda estejas triste (como me pareceu) e um abraço grande caso andes por aí aos saltos de contente.
:)

P.S. - falhaste por pequenos quilómetros, era mesmo ao lado em Milfontes (estava óptimo, sem a confusão dos veraneantes e com um tempo lindo de cores)

su disse...

Há quem pendure as asas atrás da prta e outros que as deitam no chão e usam como taqpete...enfim...

...beijos a todos...

Brain disse...

E se eu te disser...
Que esses fantasmas,
Somos apenas nós próprios?

Eu pelo menos,
Penso que assim é!

Já tinha saudades tuas!

Beijo.

tonsdeazul disse...

Provavelmente serei um desses fantasmas...
Deambulo por entre paredes gélidas em busca de um passado...
Restam-me as memórias de algo que em tempos foi real e agora apenas parece um sonho fantasiado...