Pesquisar neste blogue

domingo, 20 de janeiro de 2008

...NÃO SE VÊ...

- Vi-a ontem de madrugada.
- Não vi.
- Fria, escura, nua e calada. Rainha Cinzenta. Encostada a cada esquina onde se perdia a realidade. Um passo à frente era igual a um passo atrás. Por isso, não caminhava. Deambulava. Os passos presos eram pregos na alma: se sofria não dizia; se sorria não mostrava.
- Não vi.

- Vi-a hoje de manhãzinha.
- Não vi.
- Tímida, desperta, inquieta e deslumbrada. Rainha Prata. Fantasma solto da sua estátua que se dissolvia ao nascer do sol. Um rasto. Passos quentes e suaves, como quem não quer acordar aquele que dorme em si mesmo. Porque tem medo do mundo lá fora. Porque não sabe como é que ele acaba.
- Não vi.



- Vi-a hoje, ao entardecer.
- Não vi.
- Plena, solta, destemida e transformada. Rainha Vermelha. Incendiava os olhares de papel ao sabor das suas palavras. Nascendo sóis atrás das suas pegadas, marcadas a fogo enquanto caminhava sobre a nossa consciência. Recolhia as cinzas no seu corpo, desenhando os destinos queimados no horizonte da Vida.
- Não vi.



- Vi-a há pouco, agora que anoiteceu.
- Não vi.

- De certeza?
- Não vi.
- Cruel. Determinada…a Tempo e a Horas. Rainha Negra. Trago o finito da tua existência contemplado no infinito da tua alma. Pago o teu último sopro com palavras envenenadas e recebo como troco as tuas memórias passadas. Colecciono-as como fotografias apagadas do que nunca poderei ser. Recorto a tua vida para mim e vivo-a, eu, agora, intensamente, em apenas num instante. Saboreio-a e faz de conta…



- Nunca te vi.
- Quem só me vê agora…acorda tarde demais para a VIDA.


XXX


E em jeito de nota, com mais valor do que uma simples nota, acrescenta-se mais um fio neste post da Teia...dedicado ao dia de hoje: 22 de Janeiro...em que o matchbox30 comemora o seu aniversário.
Que todas as cores das palavras e do mundo brilhem dentro dele, fazendo dele uma das pessoas mais felizes do mundo.
Amigo, uma paleta de cores brilhantes em tudo o que faças e em tudo o que venha do mundo à tua volta para ti...e que todos os teus amanheceres tenham a beleza poética à qual tu assististe hoje bem cedinho, de modo a transformar sempre o teu dia num único e belo DIA.
MUITOS PARABÉNS aqui da TEIA.
Correcção: O dia de aniversário do matchbox30 foi ontem: dia 21! Os fios da Teia muitas vezes baralham-se! Sorry! Mas os votos valem na mesma!

30 comentários:

Liz disse...

Belissimas fotos e poema também...
Essa coisa de nos escondermos dentro de nos com medo do mundo aqui fora me tocou bastante, pois eu so me descobri quando sai de mim para experimentar novas coisas...

NeLiNhA disse...

a tua escrita é absolutamente encantadora :)

Pedro Branco disse...

Tive de fechar os olhos para ver
Pendurar-me em cada pedaço da memória
Sentar-me bem por dentro da história
Onde tudo acontece mesmo quando não está a acontecer

Tive de procurar outra vez e outra e mais uma vez
Calar-me em gritos vadios e soltos eternamente
Aconchegar-me nas palavras de sabor doce e quente
Onde tudo é para sempre mesmo que seja talvez

Tive de possuir todos os silêncios de mim
Riscar as imagens, os ruídos, as solidões transbordantes
Pedir-te, por favor, deixa-me pertencer ao mundo dos poetas errantes
Onde tudo é floresta, estrada, precipício e jardim

marias disse...

Este texo é deslumbrantemente encantador!...
Estás de parabéns pela criação deste texto que nos trnsporta para vários estados de beleza.
Não nos devemos esconder dentro de nós mesmos, senão corremos o risco de que a vida nos passe ao lado e quando acordarmos será demasiado tarde.
Por isso há que viver a vida intensamente e saboreá-la até ao final.


Beijinhos

marias disse...

Este texo é deslumbrantemente encantador!...
Estás de parabéns pela criação deste texto que nos trnsporta para vários estados de beleza.
Não nos devemos esconder dentro de nós mesmos, senão corremos o risco de que a vida nos passe ao lado e quando acordarmos será demasiado tarde.
Por isso há que viver a vida intensamente e saboreá-la até ao final.


Beijinhos

Matchbox30 disse...

Referes-te à lua? Amanhã deve estar cheia, logo no meu dia de anos!

Teté disse...

Confesso que me confundi, com a ideia do Matchbox30 que estavas a referir-te à Lua. Estavas? Por sinal, associei mais a fases, de tudo o que pode não ser visível, mas que vai pulsando dentro de nós. Com a passagem do tempo, que nos vai mudando e transformando. Com o medo de ver o que (não) queremos, que por vezes nos impede de VIVER. Com os sonhos perdidos em desencantos...

ADOREI!

Jinhos, amiga, e festinhas prós bichinhos!

lua prateada disse...

LINDO!!!...

Somos fumaça
A vida nos enlaça!...
Mas somos a cena
Do palco da vida!...

Uma feliz semana cheia de coragem e amor.
Beijinho prateado com carinho

SOL

muguet disse...

somos tantos cá dentro... somos todos e por vezes não somos nenhum...inventamo-nos.

beijo...sabor a mil cores e mais uma...inventada

tonsdeazul disse...

Adorei. Estas tuas palavras estão maravilhosas!! Embelezaram a minha alma. Gostei mesmo!!
Beijos

PG aka Scorpion disse...

e ainda bem que me (re)descobriste porque tb ja tinha saudades de presenciar as tuas palavras acompanhadas de um espírito que me é sempre muito familiar..

PS: by the way tenho 2 blogs em funcionamento..um em ingles com poemas, textos e historias (light-or-dark.blogspot.com) e outro com frases do dia, diários, música, etc (scorpions-corner.blogspot.com)..

PS2: continua a deliciar-nos com belas palavras..;)

jinhos

Sandra Daniela disse...

Que engraçado... pelos comentários que aqui vi, também fiquei cim duvidas... Muitas das vezes passamos por fases da vida que não reparamos no que acontece á nossa volta

O texto está lindissimo... ( como sempre ):-)


Boa semana

ines disse...

e quando a temos na mão e não sabemos como lidar com ela? gostei muito deste teu texto!

GZ disse...

excelente... muito bom mesmo

o teclado como forma de expressão pura, nem sempre simples e de facil compreensão mas puro.

parabens pelo blog.

GZ

MIMO-TE disse...

És impressionante, e tocas-me com o que escreves :) Somos tanto e ao mesmo tempo únicos, interessante! Deixas-me a pensar, isso é bom :)

efvilha disse...

Nos fios que teces, estão as teias das existências, teias que não se vê, pois que nelas se prendem todas as existências, enredadas existências que não se vê.
E quando se vê, passadas foram todas as existências.

O beijo de Paz, em ti.

O Profeta disse...

Fantástico! Adorava ter-te ao meu lado a escrever teatro...olha que gostava...


Doce beijo

oceanus disse...

...escreves de uma forma muito intensa e muito bonita por sinal...

e falamos só da lua?!?!

bjs do fundo do Oceanus

Gerlane disse...

Su, Teu texto me prendeu sem fôlego, só consegui soltá-lo, depois de passado um tempo após terminar de lê-lo.

Lindo (viu!)

Beijos!

Matchbox30 disse...

Oh pá! Não era preciso, su... estou a ficar importante! Lol! Mas tenho que fazer um pequeno reparo: O meu aniversário, foi ontem, dia 21... lol!
Mas muito obrigado pelos teus votos e pela lembrança...

Beijos

mixtu disse...

eu via-a
entrou em minha casa...
só que eu disse-lhe... não me leves, nunca fiz amor com uma morena e desejava ver os meus amigos felizes....
estou a receber msn dos amigos e ela, a mensageira da morte, era morena...

yayaya

abrazos serranos, desde 2009 (pero no lo digas a nadie)

Kátia disse...

Belos textos,belas fotos,Bela canção!É sempre um prazer estar aqui!Obrigada pelo prêmio!Já "peguei"!
Vai conhecer minha margarida...
:)
Beijo!

joão marinheiro disse...

Agora que o barco vai de passagem, retribuo a visita e aporto aqui ao explendor das palavras e das imagens.
Abraço junto ao mar na madrugada.

mixtu disse...

hoje não a vi
yayaya

abazo serrano

Papoila disse...

Su!
Magnífico o teu texto à lua de todos nós!
A tua expressão escrita é maravilhosa.
Beijos

Papoila disse...

Su!
Magnífico o teu texto à lua de todos nós!
A tua expressão escrita é maravilhosa.
Beijos

impulsos disse...

Su
Nem sei bem que te diga...
O teu post está magnífico!!
Mas isso já tu sabes.

Fazes de cada escrito e de cada imagem, uma verdadeira galeria de conhecimento e de verdade, mesmo que, pincelada com laivos surrealistas.

Gosto muito de aqui vir, seja pelo que encontro escrito, seja pelo que os meus ouvidos ouvem e se deliciam...

Beijo

cõllybry disse...

Querida Lu,sempre a encantar com Teus belos textos...

Meu doce beijo

Inti, the Sun God disse...

O match já me tinha dito que tinhas uns textos fantásticos... e realmente, é verdade. Vou continuar a visitar sempre que possa.

lua prateada disse...

Oi linda passei e...

Nas ruas desertas de minha alma
Passo aqui deixando
O que de mim emana por ti...
Um feliz fim de semana!...
Beijinho prateado
SOL