Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Tenho um coração do tamanho do universo...

Tão grande

Tão importante

Como o céu e a terra

Comporta todos os sentimentos

Nascidos daqueles instantes

Em que a minha alma se comove

E se revolta

Perante as dores dos homens

Dos povos em guerra

E a indiferença dos poderosos...

E ao mesmo tempo

Sinto-o tão pequeno

Tão impotente

E insignificante

Como se fosse um grão de areia

Quase microscópico

Trazido pelos ventos

De um árido deserto...

texto oferecido por impulsos ( do blog impulsos)

______________________________________________

P.S.: Está a decorrer uma sondagem ali logo ao início na barra lateral. Votem!

20 comentários:

gracinda disse...

Penso que tudo depende do reconhecimento ou tomada de consciência da nossa relação com o Cosmos.

su disse...

gracinda: E da nossa própria integração no Cosmos. No tal reconhecimento que somos parte e matéria desse mesmo Universo que é o TODO...e tudo o que conhecemos e desconhecemos dele...somos nós afinal!

impulsos disse...

Tenho um coração do tamanho do universo...
Tão grande
Tão importante
Como o céu e a terra
Comporta todos os sentimentos
Nascidos daqueles instantes
Em que a minha alma se comove
E se revolta
Perante as dores dos homens
Dos povos em guerra
E a indiferença dos poderosos...

E ao mesmo tempo
Sinto-o tão pequeno
Tão impotente
E insignificante
Como se fosse um grão de areia
Quase microscópico
Trazido pelos ventos
De um árido deserto...

Em jeito de agradecimento por todas as tuas palavras a mim deixadas.
Esta imagem merecia um texto melhor, mas foi o que me saiu.

Beijo

gracinda disse...

Olha, já percebi ao que na realidade está associada a imagem. ;) Penso eu...
Bem, não deixa de estar tudo ligado.

1/4 de Fada disse...

Num universo infinito, as pessoas de almas semelhantes encontram-se, Su, porque nada acontece em vão. Para além dos astros, o destino pertece-nos, o livre arbítrio está ao alcance das nossas mãos e do nosso coração: depende de nós querermos segui-lo ou rejeitá-lo. Conhecer-te não é um acaso.

Ana Lourenço disse...

Penso que mais importante que segurar o mundo na palma das nossas mãos é sentirmos que assim pode ser! Que o respeitamos o suficiente para isso... E acho que se os "grandes" pensassem da mesma forma tudo seria muito diferente.

Beijinho

/t. disse...

¤ ¤ ¤

/t.

su disse...

impulsos: Volto a dizer...deixa sair...as tuas palavras são sempre perfeitas e adequadas. E do fundo do meu coração, agradeço-te imenso! Está lindo. Tocante mesmo...vai já para o post! Um beijo grande, grande, para lá das palavras.

gracinda: No fundo, tudo vai dar ao mesmo provavelmente. Se é tudo parte integrante de um mesmo e vasto Universo... :))

1/4 de fada: Também não acredito muito nos acasos. Acredito em reconhecimentos e situações que estão dependentes de nós mas que segeum determinados padrões...no fundo, tudo isto é muito mais complicado e se calahr mais simples de sentir-se. Acredito que sim, não terá sido um acaso e vamos descobrindo aos poucos e poucos. :))

ana lourenço: Bem dito e bem verdade...houvesse a tal questão do respeito...coisa mais essencial e mais importante do que ter o mundo nas mãos. Ele que esteja mas é nos nossos corações e que isso bastasse! :)

/t.: A big kiss for you! ;p

impulsos disse...

Su
Sem palavras...

Mas é nas palavras que encontramos o caminho que nos leva a exteriorizar os nossos sentimentos e é com elas que vamos soltando aquilo a que chamamos de desabafos da alma.

Imensamente agradecida.

Um beijo e um sorriso

Borboleta disse...

Identifiquei-me de imediato com o teu texto! Sinto-me pequena por nada poder fazer por Gaia, e revoltada por os interesses económicos e políticos dos poderosos prevelecerem sempre... Por isso gosto tanto da Natureza e tento viver sempre em harmonia com ela. A dor de um povo é a minha dor, a dor de um animal será sempre a minha dor.

Beijinhos

instantes e momentos disse...

dando mais um passeio por aqui . Gosto do teu blog.
Bom fim de semana
Maurizio

Menina do Rio disse...

Somos pequenos, mas não insignificantes. É justo a soma dos grão que somos que forma o todo...

Um beijo pra ti

Sandra Daniela disse...

Concordo plenamente com o teu belo texto!!

Acho que ainda não tomamos consciência, do tão pouco que precisamos fazer para tornarmos o Mundo num sitio melhor para viver... mas na minha singela opuinião, devemos começar por nós mesmos, nas coisas mais básicas do dia-a-dia...


Beijinho e bom fim-de-semana

Gerlane disse...

Penso que, quando todos os interesses se voltarem para o bem
da humanidade,
quando todas as forças se unirem à natureza
em busca do equilíbrio,
então se dará a supremacia da vida.

Deixo-te ternos abraços!

Papoila disse...

Querida Su:
Uma imagem magnífica e um texto belíssimo da Cléo!
O Mundo o nosso mundo azul em que nos cruzamos e nos prendemos por afinidades. Será que vamos a tempo? Nada nos fará vergar neste amor por este nosso bem comum a vida no planeta azul!
Beijos

Ana S. disse...

No coração cabe todos os sentimentos. uns melhores do que outros mas todos fazem parte de nós porque é assim que aprendemos a viver :)
Beijinhos

su disse...

impulsos: A imagem, inicialmente, não era para ter texto como tem acontecido com outras imagens que procuram texto...ainda não me esqueci dos restantes textos. Mas estas tuas palavras formaram uma sintonia adequada e perfeita...não há melhor "moldura"! Quem agradece sou eu por tão bonito poema. Um beijinho bem grande, com aroma a cafe! ;) Fica bem.

borboleta: Este texto é da impulsos! Um magnífico texto que fala de facto dos actos do Homem por comparação com a "disponibilidade" de sempre da Natureza. Sou como tu em termos de actos e de pensamentos. :))
Bejinhos grandes.

instantes e momentos: Podes vir passear sempre que quiseres até aos fios da Teia. Seja bem aperecido. Beijinhos.

menina do rio: Somando acabamos por ter cada um de nós parte importante e determinante neste extenso universo. Que no fundo, também somos nós.
Um beijinho grande.

sandra daniela: O texto é da impulsos (cleo). E de facto traz uma mensagem bem grande para ponderar nem que seja nos nossos actos do dia-a-dia. Um beijinho GRANDE.

gerlane: E será que esse momento estará perto? Essa tomada de consciência tão importante? Penso que precisamos urgentemente dela.
Beijinhos grandes.

papoila: Adorei a imagem quando a encontrei e como disse há pouco ali em cima era para ser só ela...mas o texto da cleo ficou tão bem que seria um "crime" separá-los!! É verdade, que este nosso amor pelo Planeta ainda Azul se vá fortificando e espalhando em mensagens de alerta e de despertar para o resto da humanidade. Beijinhos bem grandes.

ana scorpio: Temos de puxar pelo melhor de nós então para manter este mundo ou melhorá-lo, em termos gerais. :))
Beijinhos grandes.

Kátia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kátia disse...

Somos o que somos.Ora diminutos,ora imensos,mas somos!
Lindo escrito e que venham mais!
Beijo!

Matchbox31 disse...

Foto e texto consequente realmente, combinam na perfeição.