Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

O PODER

É hoje que penduro o Tempo a um canto
E espanto as Horas da minha frente.
É hoje que penduro o coração ao
Sol
E deixo-o secar à luz do teu
Amor
É hoje que dou corda à Alma
E corro mais do que a Vida inteira.
É hoje que sonho acordada
E adormeço, deliciosamente cansada.

Porque é Hoje, como sempre,
Que o meu Agora existe.
Em Pleno.

23 comentários:

carteiro disse...

É bom sentir o "Hoje" em que temos forças para levar tudo à frente... ou para chegar à frente antes de tudo.
Eu adoro adormecer deliciosamente cansado :)
Um beijinho.

Taliesin disse...

Apenas sei que a magia da tua presença,
faz com que as flores floresçam,
que o sol resplandeça,
e que as nuvens desapareçam.
Vejo-te em todas as divisões do meu mundo,
e sinto-te em todo o lado da minha alma.
é luz da tua existência,
que ilumina os meus dias,
e acende as estrelas da noite, que me orientam pela calma
e feliz sensação de viver a teu lado.

Beijos de Luz...com muito PODER ;-)

NeLiNhA disse...

é mesmo isso, viver o tempo e a vida em plenitude....beijokita

mixtu disse...

sonhar acordado...
por acaso acontece-me o mesmo...
curioso quando bebo uma Sagres fresquinha, a Super bock cai mal, embora uma Cintra 50 centimos tb não é mal, tagus nunca provei...
aH! sem tremoços, claro está...

yayaya

abrazo serrano, meu e do lobo

Gerlane disse...

E o agora é sempre o único tempo que de fato é concreto, pois os outros escapam ao controle.

Beijos pra ti!

Matchbox31 disse...

Era bom o tempo não passasse que parasse naqueles momentos dos quais nunca queremos sair... e assim ficar, eternamente congelado mas sem frio, simplesmente à temperatura dos corpos unidos...

Desculpa, deixei-me levar... Lol!

Teté disse...

Então que seja hoje, e sempre, que sonhes acordada e adormeças, deliciosamente cansada! :)))

Jinhos, amiga!

Sandra Daniela disse...

... E é sempre hoje, que devemos pensar e viver o Agora....
.... E é hoje, que devemos viver como se fosse u ultimo dia da nossa vida!!


:-)

Azer Mantessa disse...

'Porque é Hoje, como sempre,
Que o meu Agora existe.
Em Pleno.'

keep existing there dear :-)

O Árabe disse...

Que seja hoje, então. E que o hoje se renove em cada um dos teus dias... :) Belo poema.

efeneto disse...

Hoje, não deveria ter acordado.
E começa a ser ridícula toda esta impossibilidade de opção.
Alguém nos perguntou se queríamos ter nascido?
A resposta agora também pouco interessa.
Mas hoje, eu deveria ter direito a dizer que não, não me apetece abrir os olhos e ver um qualquer pormenor magnífico, um qualquer momento raro.

Hoje nada me delicia e muito menos sacia.
Mas alguém me dá o direito de não ser eu por 24h?
De nascer para uma qualquer vontade maior longe deste corpo morto e fétido?

Devia poder dar-me esse direito, esse propósito.
Mas desde quando o que deve ser o é de facto?
Raras são as vezes e sempre pouco oportunas.


Então deixem-me dormir...E amanhã de manhã, ao primeiro raiar do sol, perguntem-me baixinho:

- " Então pequeno, sempre quer nascer hoje para o mundo? "

Quem sabe talvez assim, com jeitinho, se levante a força e se cerrem os punhos para a batalha constante da vida e para a guerra eterna que mora em nós.
Mas de certo nasceria novamente para lhe desejar um fim-de-semana com aquilo que mais deseja.

Até amanhã.

O amor sempre em plemo...Continue...beijo

impulsos disse...

É no hoje, no agora, que se vive o pleno!
Muitas das vezes, recordando o ontem e imaginando o amanhã, também se vive, mas o agora, é o real, o que se sente em tempo presente!

Belo
Simples
Tal como eu gosto!

Beijo

Oliver Pickwick disse...

Carpe diem, garota! Esta poesia também poderia chamar-se "Vida, eu te amo. Obrigado por tudo!"
Seja como for, é uma pequena ode ao existir.
Beijos, querida amiga!

Dream Alive disse...

É hoje que abres totalmente o teu coraçao ao desejo e à saudade que ja ha muito habitava em ti!

Se feliz a partir de hoje!

Beijos!

Liz / Falando de tudo! disse...

é hoje que eu venho aqui te dizer que adoro o teu cantinho, que adoro ler e sentir esses poemas e dizeres sobre a vida, é hoje que eu existo, e que posso mudar ou nao minha vida...é hoje que eu aprendo que so depende de mim!
E agradeço a ti por fazer um post para refletir!!
Um grande beijo, e se eu sumir, estou de férias, mas vou deixar um recadinho no meu blog, ok?!
Lindo...o teu hoje!

marias disse...

E bem mais feliz é quem vive o hoje e agora plenamente sem medir o tempo que é para sentir para além do tempo!...

Beijinhos

PS: Desculpa de não ter comentado muitas vezes mas ando sem o "malfadado" do tempo.

ZezinhoMota disse...

Mas também é gratificante ir ao baú das recordações.

Por exemplo....................
http://poetaremportugues.blogspot.com

Bjnhs

ZezinhoMota

Eduardo Jai disse...

bonito, Su, muito bonito.

um dia BOM.
:)

Paulinha disse...

Que o teu agora nunca deixe de existir, nem hoje nem agora nem nunca.
Beijinhos

O das Caldas disse...

Desculpa a minha opinião deformada de barrista, mas entendo que o pleno nunca se consegue por estes lados.
Beijinhos das Caldas

Lenita Boneca de Porcelana disse...

A Alma, quando tem a corda toda, permite que o silêncio tome conta de nós e escusa-nos de corridas... deixa-nos respirar sem o peito oprimido e deixa-nos ver tudo nitidamente... permite-nos tirar partido daquela sabedoria que diz que nada importa verdadeiramente... se não o existir apenas, existir nesse Agora...

Para que os montros que nos perseguem se desmaterializem, não é necessário muito mais além de algum tempo e uma mente lúcida...

Recordemo-nos então do Agora... apesar do peito oprimido...

Um sonho: adormecer deliciosamente cansada... em lugar de atormentadamente cansada...

Kátia disse...

O tempo é aquilo que o homem inventou para determinar o correr da vida...
Parabéns pelo post!
Beijo!

Rangel Castilho disse...

Salve, Sú!

Fico contente ao saber que ao ler-te meu hoje
se ilumina!!

Beijos, apesar de minhas lágrimas...