Pesquisar neste blogue

domingo, 13 de abril de 2008

TOP 5 OBJECTO KITSCH

“O kitsch é um termo de origem alemã (verkitschen) que é usado para categorizar objectos de valor estético distorcidos e/ou exagerados, que são considerados inferiores à sua cópia existente. São frequentemente associados à predilecção do gosto mediano e pela pretensão de, fazendo uso de estereótipos e chavões que não são autênticos, tomar para si valores de uma tradição cultural privilegiada. Eventualmente objectos considerados kitsch são também apelidados de “brega” no Brasil.” (in Wikipédia) A propósito de um comentário que há uns tempos deixei no blog da Teté, lembrei-me de um objecto de decoração de dúbio gosto, que há uns anos atrás era frequente ser avistado na parte traseira dos automóveis…e esse mesmo objecto (que irei integrar no meu TOP 5) deu-me ideia para fazer um TOP 5 KITSCH. O Kitsch segue alguns princípios como o da inadequação (coisas despropositadas em relação ao espaço, à função, tamanho…); o da acumulação (independentemente do seu uso e do seu valor, subjugado ao valor sentimental, criam-se autênticos depósitos de objectos!); o da sinestesia (a profusão e mistura de todos os sentidos nos diversos objectos, apelando ao gosto, ao tacto, à visão, ao olfacto e audição); o da mediocridade (quando os objectos em questão fogem do discreto e atingem graus do exagero, passando pelo vulgar) e o princípio do conforto (o que não incomoda e causa um determinado prazer é facilmente aceite).
O kitsch traduz na sua essência, e neste caso em particular, objectos de gosto bastante discutível que, contudo, não deixa de ser integrado, hoje em dia, como uma forma de arte moderna, um “novo barroco”.
Assim, apresento-vos o meu TOP 5 de OBJECTOS KITSCH:
1º: CÃO DE LOIÇA (lembram-se daqueles grandes cães de loiça, geralmente dálmatas, que se encontravam à porta de casa, no corredor e no hall da entrada?!)
2º: CÃO QUE ABANA A CABEÇA NA PARTE TRASEIRA DO CARRO (havia assim uns cães, que tinham uma cabeça que abanavam com o movimento do carro…aquilo parecia quase retirado do filme do Exorcista!)
3º: NOSSA SENHORA DE FÁTIMA QUE BRILHA NO ESCURO (assim com uma luz verde, meio fosforescente, que atingia o seu máximo esplendor no escuro)
4º: GALO DE BARCELOS EM CIMA DO FRIGORÍFICO (os típicos galos de Barcelos…mas tinham de estar mesmo em cima do frigorífico, entre outros bibelôts!)
5º: FLORES E CORTINAS DE PLÁSTICO (mas mesmo de plástico, daquele que não o disfarça; de uma consistência rija, com pó à mistura e de diversas cores garridas!).

E há muitos mais…e em várias outras temáticas, que depois voltarei a apresentar aqui na Teia (penso eu!). Então, vou transformar este post num desafio: DESAFIO KITSCH que vou passar a algumas vítimas, sendo que a regra é apenas fazer o seu TOP e passar a quem quiser: teté, Alice, carmenzita, Kátia, littledragonblue, lenita, matchbox31, paulinha, som do silêncio, gerlane, muguet, carteiro, tons de azul, borboleta, nelinha, liz, papoila, ana scorpio, butterfly, taliesin, azer mantessa, /t., un_dress, bono_poetry, ruela, impulsos, bia, Sandra Daniela, Reflexos… e quem mais por aqui passar e quiser levar o DESAFIO KITSCH!
NOTA: Oiçam bem esta grandiosa letra do ROUXINOL FADUNCHO, do tema “Cães de Loiça”! Temos fadista! E já agora, vejam bem o clip…


27 comentários:

Lu disse...

...este tipo de músicas, têm poder sobre mim...Colocam-me um sorriso de orelha a orelha!
Gostei da ideia...
Bjs
Lu

Papoila disse...

Olá Su:
Este teu post está "um must" ou "chique de doer" que são duas das figuras de estilo kitch... tenho andado numa "roda viva" mas vou procurar responder ao desafio!
Beijos

gracinda disse...

Lembrei-me da fruta de plástico, das casas com fachadas revestidas a azulejos, de uma série de artigos a imitar o pêlo de certos animais e do Toy.

Taliesin disse...

Este post que já ansiava há muito por ele…cá está….é LINDO!!!!
É extremamente difícil escolher o top 5 dos objectos kitsch…são imensos…mas os que me vêm à memoria…
5º - As terrinas de louça em cima do napron nas mesas.
4º - As replicas das frutas de plástico nas fruteiras também do mesmo material ou em vidro.
3º - Os imanes de frutas que se colocam nas portas dos frigoríficos.
2º - Os crucifixos sobre a cabeceira da cama.
1º - As famosas meias brancas com as raquetes.

Se me lembrar de mais sopro-te ao ouvido….

Teté disse...

Ah, bem me lembro desse comentário, dos cãezinhos com cabeça a abanar nas janelas traseiras dos carritos...

Aceito o desafio, com certeza!

Jinhos e uma óptima semana para ti, amiga!

Bia disse...

Incrivelmente bem bolado este post teu! Divertido, informativo, super agradável de se ler, com um visual lindo! Parabéns pela idéia e pela forma de desenvolvê-la! Perfeita!

Ficam sorrisos e pétalas para enfeitar tua semana, e um beijo no coração!

Gerlane disse...

Olá, Su!

Coincidentemente, li, há alguns meses atrás, uma matéria em uma das melhores revistas informativas que circulam aqui em PE. A revista Continente Multicultural, que abordava a dimensão do que é considerado kitsch.
E descobri que, de uma forma ou de outra, acabamos adeptos do kitsch, mesmo que seja por uma questão afetiva.
Relaciono aqui mesmo, alguns objetos kitsch que recebi como presentes de amigos ou familiares, e que os guardo pelo referencial afetivo.

1º. Abajur com o corpo em formato de uma rosa.
2º. Porta-jóias compactado com caixinha de música.
3º. Arranjo com flores artificiais.
4º. Crucifixo de madeira.
5º. Bailarina de porcelana.

Ótimo post! Obrigada, mais uma vez, pela lembrança.

Uma boa semana e, beijos!

Cöllyßry disse...

Olá Su...nas que belo post este teu...a musica é maravinha...

Doce beijito

Sandra Daniela disse...

Su, fizeste-me sorrir... aquele post, no meu blog, foi mesmo feito para não haver comentários... foi apenas um desabafo! Eu sou Escorpião... e o meu humor varia imenso...:-))


Este teu desafio, é engraçado, (e eu ainda não acabei o outro)...

ahhh mas sabes, o teu galo de barcelos... fez-me rir... é que eu na idade em que as crianças dormiam agarradas a peluches ou bonecas, eu exigia :- um pequeno galo de barcelos!!! lol

um beijinho

Sandra Daniela disse...

ups... esqueci de dizer que sim, aceito o desafio! :-)

impulsos disse...

Su, sempre no seu melhor!!!
Desta vez até um faducho corridinho, te lembraste de aqui meter na tua sempre surpreendente teia... maravilha das maravilhas!

E os naperonzinhos nos maples?
E os cravos feitos em renda, numa jarra branca em cima da mesa da sala?
E o fontanário com um bonequinho de pedra a fazer xi xi para um pequeno lago, à entrada de uma casa(nem era preciso ser uma vivenda, qualquer casita servia)?
E a camilha redonda ao canto do quarto ou da sala, com um naperonzinho feito à medida?
E o psiché decorado com as fotografias da família em molduras de plástico banhadas a "ouro"?
E os penicos de esmalte nas mesinhas de cabeceira?
E tantas outras relíquias que agora não me lembro, mas que mais logo, quando me lembrar irei tomar nota no meu caderninho amarelo, para depois usar no meu post dedicado ao meu TOP 5 KITSCH!!!


Beijo

Ruela disse...

temos os mesmos gostos ;)))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Azer Mantessa disse...

su,

this is tough. very tough. i'm not so sure if i can do this but i'll try. it will take time though.

you top five kitsch are interesting

:-)

bono_poetry disse...

com toda a certeza que me vou divertir ...

...a musica e de uma estrondosa salva de palmas e que video...

sempre criativa ...gostei!

Borboleta disse...

Desafio aceite, e desta vez será realizado mais rápido que o anterior :) Prometo :D
Espero que o sky já esteja em forma!! Beijinhos a todos do pessoal desta casa :)

un dress disse...

ohhhhhhhhhh:)))))))))))))))))))

phenomena!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Silence disse...

lol n era da yorn...

cães de loiça :D

tonsdeazul disse...

Ai moça que tu inventas com cada desafio!! Ehehe Sabes... não sou muita dada a estes objectos tão queridos por tantos portugueses!! :)
Ando um pouco sem tempo, por isso vou mesmo aceitar o teu desafio por esta via. Espero que não te importes. Deixa cá ver se me lembro de alguns que não sejam os mesmos que referes aqui... Bem...

1º O famoso colete reflector que a maioria dos portugueses usava no assento do carro. Nunca entendi o porquê!!

2º O também famoso calendário que quase todos os camionistas e mecânicos têm pendurado bem à vista de todos!

3º A caixinha de música, com a famosa bailarina!

4º Um terço, ou um Cd, ou até ambos pendurados no retrovisor do carro!

5º E os lindos magnéticos existentes em qualquer frigorífico!

tonsdeazul disse...

Ah! E esqueci-me de enviar-te uma enorme beijoca! :)
Espero ter cumprido o desafio!

Teté disse...

Desafio respondido, amiga!!! :)))

Sandra Daniela disse...

Su, venho pedir-te desculpas... ando mesmo "despistada".... e reparei que não te respondi á tua pergunta acerca de um dos videos, no desafio musical: - Sim.... o filme chama-se "Love story"


Desculpa

um beijinho

Liz / Falando de tudo! disse...

kkkkkkkkkkkkk tudo muito brega mesmo, mas nada mais brega do que colar equeles imãs na geladeira! aff
Meu anjo adorei sua visita no meu blog, saiba que podes voltar quando quiser, te agradeço por deixar comentarios!
Aproveito e te convido pra ir olhar meu blog de fotos, que coloquei novas fotos de novo,o qual eu aos poucos vou colocando fotos de meu dia a dia:
www.falandodefotos.blogspot.com

Oliver Pickwick disse...

Para mim o representante-mor desta categoria é o famoso pingüim de geladeira, do tempo em que todos os refrigeradores eram brancos.
Outro representante de importância é o gnomo de jardim.

Paulinha disse...

Eu vou dizer-to por aqui. Escolho os terços de plásticos ( simbolo não de religiao mas de espiritualidade), as bonequinhas russas ( tudo se encaixa), as caixinhas de musica com meninas que dançam (sempre quis ter uma), os pisa-papeis com uma bola em que a neve cai e os chapeleiros com uma caveira, tão tradicionais e que tanto medo me metiam quando era pequenina.
Beijinhos ^^

Kátia disse...

Devo responder,lol.
;)

Lenita Boneca de Porcelana disse...

Bem, tu iluminas-me de facto, está cientificamente comprovado. Há imenso tempo que peço para me explicarem o que é "kish", fiz pesquisas na net e tudo e nunca ninguém me explicou e também não consegui encontrar nenhum artigo na net em que não se falasse em "kish" contextualizadamente, nada de explicações acerca do termo. A primeira vez que ouvi, foi o Herman num programa qualquer e aquilo chamou-me a atenção, nem sei bem porquê. Fiquei com a ideia de que seria algo semelhante a piroso, mas com uma ou outra nuance. Ok, diga-se de passagem que isto foi há tanto tempo que quando se faziam pesquisas no google ainda não apereciam os artigos da Wikipédia, eh, eh, eh!!

Esclarecidas as dúvidas, cá vai... não é fácil para mim, porque eu não gosto de discriminações, acho que tudo tem o seu lugar neste mundo e para mim "mau gosto" e "bom gosto" são coisas deveras relativas e limitativas também. A única coisa em que sou absolutamente discriminativa é mesmo na música, mas de resto congratulo-me com a variedade. Além de que, para mim, o valor sentimental prevalece, de facto, sobre qualquer bom gosto.

1 - Aqueles postais assustadores com santinhos que se mexem à medida que a gente se desloca pela casa (poça, que mau, é violência psicológica);

2 - Opá, figas, ouve... não há paciência...

3 - Bonecas com vestidos de renda a tapar o papel higiénico ahahahah!!!

4 - E a peúguinha branca com o sapatinho preto, hã, hã??? Diz lá que não fica "fino", hã, hã???

5 - Ai caramba... e as sevilhanas a dançar em cima da TV?? Humm???

Mas pronto, lá está.. acho que algo para ser VERDADEIRAMENTE elegante... tem de ter na sua essência algo de piroso e, mais elaboradamente, algo de "kish"... ok, subtilmente, lógico... eu tinha muita gente conhecida que tinha assustadores dálmatas de loiça e na parte de trás do carro do meu avô havia um desses cães absolutamente frustrantes que abanam a cabeça, porque eram rijos que nem... cornos (desculpa) e eu via-me assim impedida de brincar com o do carro do meu avô. Adivinha, o cão estava tranquilamente deitado em cima de um carpélio rosa velho!!! Ah, ah, ah, ah!! Já percebeste de onde vêm as minhas ideias liberais a este respeito??? Ahahaha!!! Além disso, o cão estava numa posição deitada impossível de mexer, o que impedia que eu o fizesse correr... além disso, aquele pescoço tenebroso estragava mesmo a brincadeira toda porque nunca parava no mesmo sítio e ia sempre para o lado onde não devia... mas claro que a minha criatividade acabou por ser mais forte e como sempre a minha família acabou por desistir e dar-me o cão para eu brincar!! Ahahahah!!

Anónimo disse...

Hi,

I begin on internet with a directory