Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 28 de março de 2008

Portishead, Coliseu dos Recreios 27/03



P-E-R-F-E-I-T-O!

Após a bem recebida actuação do grupo húngaro “A Hawck and a Hacksaw”, que se assemelha muito ao som de Emir Kusturica, as luzes ligaram-se para revelar um Coliseu cheio pelas costuras e onde tresandava a expectativa e tensão no aproximar do momento esperado. Depois de um silêncio de dez anos, “Silence” rompeu a barreira da ausência musical desta banda de Bristol, que, por coincidência, inaugura também o novo álbum dos Portishead, “Third”. Um alinhamento equilibrado entre os novos temas de um grande álbum que, ao vivo, ganham uma ainda maior dimensão e os outros temas extraídos dos anteriores álbuns “Dummy” e “Portishead”. A voz de Beth Gibbons é perfeita e, muitas vezes, arrepiante, e tem o seu expoente máximo na sublime versão acústica de “Wandering Star”, em que na parte final é surpreendente a tonalidade lírica da sua voz, assim como nos temas “Cowboys” e “Threats”.

Os simples jogos de luzes conjugados com as câmaras colocadas perto dos músicos, criaram um belo e negro ambiente cinematográfico, onde podemos realçar o efeito de sombras, em que os gestos dos artistas são projectados num dos lados da sala do Coliseu.
Não podemos deixar de referir a despedida de Beth Gibbons quando desceu do palco na última música do encore, para se confundir com o público, distribuíndo toques e abraços, sendo alvo de procura da banda, quando esta se retirava.

O que mais dizer deste concerto? Nada mais do que as sensações do que nos provocaram e que ainda hoje nos acompanham, com um sentimento de nostalgia e saudade…somos unânimes em concordar com a crítica de Nuno Galopim quando este caracteriza o concerto e os novos sons como uma “visão de uma música feita de quase nada, contudo intensa” (…) usando o ruído, a máquina, a textura, como elementos de protagonismo cénico em composições que concentram na voz a expressão maior da condução da melodia. “ (…) carga metronómica do vai vem pendular da existência urbana “.

Será este o novo estilo musical de um futuro próximo ou apenas mais um brilhante e talentoso devaneio artístico dos Portishead? Seja o que for, aprovamos e queremos mais…e mais.

Texto Por Taliesin e Su


17 comentários:

Teté disse...

Ainda bem que gostaram! :)

Não consegui ouvir a música, por causa da outra de fundo...

Bom fim de semana para ambos e festinhas para o Sky e à ÁTIA!

Gerlane disse...

Ótimo post! Ótima música! Bateu-me uma certa nostalgia.

Um bom fim de semana!

Beijos!

muguet disse...

S-I-M-P-L-E-S-M-E-N-T-E
F-E-N-O-M-E-N-A-L!!!!!!!!!!

lindo, su, lindooooooo :):):)

ahhhh.... e EU estive lá ;))) ih ih ih

Bia disse...

Deve ter sido mesmo um show de arrepiar, pela minuciosa e bem cuidada descrição que fizeste. Espetáculos desse tipo nos levam à transcendência.

Meu anjo, devido a estar fora de casa durante toda a semana, não prometo participar do desafio musical, apesar de achá-lo muito interessante. Se eu conseguir 'arrumar' um tempinho, vou tentar aceitar teu convite. Mesmo assim, grata pela indicação e consideração.

Ficam sorrisos e pétalas para enfeitar teu final de semana, e beijos carinhosos do meu para o teu coração.

Matchbox31 disse...

Eu já tinha umas desconfianças de que eras fã de Portishead! Lol!

O Profeta disse...

Que pena viver na ilha, gostava de ter visto este espectaculo...


Esta é a alma que voa de um Profeta
Ao encontro do teu sentimento
Este é o sal de alva espuma
Que te ofereço e diadema de espanto…

Olhos de alma, da tua alma
Quero-os no cais da minha chegada
Espero por ti em manto de ternura
No encontro da minha caminhada


Bom domingo

Mágico beijo

bono_poetry disse...

acredito pelo som que deixaste ter sido simplesmente surpreendente...brutal talvez nao?!!!

Paulinha disse...

Um dia hei-de ir ver um concerto destes. Vou mesmo.
Beijinho

Kátia disse...

O modo como descreveu deu uma vontade de ter estado lá.

Que bacana!

Obrigada! Belo post!

Boa semana e um beijo!

NeLiNhA disse...

aie....não consegui bilhetes po porto....que coisa....deve ter sido BRUTAL ....

impulsos disse...

O que eu perdi!!!
Mas descreveste muitíssimo bem o brilhante espectáculo desta banda enigmática e que tanto me agrada.
Obrigado!

O vídeo ajuda a colmatar a pena de ter perdido tal show...

Beijo

Azer Mantessa disse...

nice concert ... happening

you rock!

:-)

Silence disse...

Portishead é nice :P

Caipirinha? hum...se for bem feita é excelente :D hehehe

Tenho vergonha de cantar, mas podia ser que se arranjasse qq coisa lol

Se escolhesses uma música, que gostarias que eu cantasse?

Beijo!

un dress disse...

quase nada que é quase tudo

belo expansivo e intenso,

portishead!! :)






beijO

juniupaulo disse...

Bem, eu não conheço... mas a resenha deu-me vontade de conhecer! :)

Lenita Boneca de Porcelana disse...

Eh, eh, eh, ouve... que saudades de um bom concerto que me faça vibrar assim... bjokaa!!!

Oliver Pickwick disse...

Espantoso! É melhor que o Little Bill! Pelo clip, parece que foi um ótimo concerto.
Beijos!