Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 3 de março de 2008

No quadro imaginário da vida,
Os oceanos invadem o teu mundo,
Transfiguram o cheiro da terra molhada
Num aroma a sangue,

Em que navega o barco da felicidade
Nas linhas cruzadas da magia.

poema por Taliesin

Continuando com os textos gentilmente doados por todos vocês à IMAGEM PROCURA TEXTO, ficamos, agora, com o simples, poderoso e bonito poema do Taliesin, onde as suas palavras vão de encontro ao que a imagem lhe quis dizer. Muito obrigado.
Com que linhas nos "cosemos" no mundo da magia?!
Álbum aconselhado: M83 "Digital Shades"

14 comentários:

Gerlane disse...

Oceanos. Pequena, mas sugestiva palavra: imensidão e profundidade.


Beijos!

Oliver Pickwick disse...

O Taliesin, por uma alquimia ancestral e desconhecida, cristalizou a imagem em versos. Grande trabalho.
Beijos, prezada amiga!

efvilha disse...

Magia!

Uma eternidade toda seria consumida, apenas para recriar, átomo por átomo, as quase infinitas versões de cada imagem que são signos reverentes da nossa existência.

Beijo de Paz, em ti, envolto por tuas teias.

Serenidade disse...

Fantástico texto.

Cosemos o mundo com as linhas do ego pestilento quando se queria com as palavras, os gestos, os sentires e as vontades do coração e da alma.

Serenos sorrisos

tonsdeazul disse...

Esperei por ti horas e horas a fio...
Não apareceste.
Cansada, deixei-me cair...
Parti para águas turbulentas e sem fim...
E na parede meu coração pendurei...

muguet disse...

uiiiiiii...vamos falar de magia??? essa palavra tão poderosa??
demasiado difícil, por tão simples que pareça...demasiado importante, por tão efémera que por vezes se sinta.

eu, cá por mim, coso-me de linhas soltas ou talvez não, de linhas que traçam o meu percurso, algumas inquebráveis, outras tão fininhas, tão fininhas, que um simples sopro as leva para o fim do mundo.

este poema sim, de uma magia enorme para todos, principalmente para quem o sente, lá naquele sitio tão especial...tão mágico :)

poderoso taliesin...capaz de uma magia dessas... :))

Teté disse...

A imagem parece quase sequencial da do mote...

O texto de Taliesin é excelente, tendo o dom de sintetizar em poucas palavras uma imagem surrealista ou onírica.

No mundo da magia, as linhas são simplesmente imaginárias...

Jinhos, amiga! E festinhas para o Sky e a Átia...

ines disse...

fui ver, tem textos muito bons!

**:)))

ZezinhoMota disse...

O teu escrever é perfeito e com palavras muito poéticas e bonitas...

Estou lendo de noite os dois livros e posso te dizer sem qualquer favor...

Sempre acreditei nas palavras dos outros e essencialmente quando são escritas penso sempre que elas são atiradas cá para fora com o coração...

Tu escreves muito bem, eu direi que és uma privilegiada...

São dois livros muito bem escritos e o "Riscos que ficaram no tempo" é uma belíssima obra...

Todo ele está muito bem concebido! E, então a poesia está numa concepção original...

Estou a gostar muito de te conhecer mais aprofundamente na escrita.

Parabéns sinceros!

Bjnhs

ZezinhoMota

Bia disse...

Minha linda, vim trazer-te milhares de sorrisos de lindos anjos coloridos, que colhi enquanto passeava por essa tarde de céu azul. Espalhei-os por aqui, junto de um punhado de beijos do meu para o teu coração, com muito carinho, desejando que tua vida tenha sempre as cores do amor, da alegria, da beleza e da poesia.

su disse...

Com todas as linhas, em todas as direcções, sou como um boneco de trapos, de corte e costura, cicatrizes doces, porque as linhas que me sustentam são, realmente, as da magia e as da crença que em tudo devemos encontrar algo de especial...de modo a fazer brilhar um pouco mais a nossa vida do dia-a-dia...

gerlane: Pois é...às vezes uma pequena palavra é o suficiente, não é?! Beijinhos.

oliver: Condensação inspiracional...porque não?! Talento mesmo...só pode! :)) bEIJINHOS.

efvilha: magia são como as palavras que aqui deixas, quais fórmulas poéticas capazes e levar ao fundo dos nossos pensamentos o nosso desejo de resposta. :)) Obrigado...um caminho de luz e de paz para ti.

serenidade: Vamos descoser as linhas do ego e soltar essas amarras...que nos prendamos ao que nos satisfaz e aos outros em serena conformidade com a própria vida. Beijinhos grandes.

tons de azul: Engraçado...acabaste por deixar outro texto para outra imagem...despertou algo muito bonito em ti! Beijinhos grandes.

muguet: Querida e doce amiga...a magia sustenta-nos e transcende-nos ao mesmo tempo. Pode ser tudo o que quisermos ou até mesmo o que não contamos...mas é especialmente o que nos sobressalta o coração e a alma, não é?! E sim, poderoso. Um beijo tamanho XL!

inês: Olá. Foi facto comprovado, não foi?! Concordo plenamente contigo! ;)) Beijinhos.

teté: Dom de sintetizar e de encantar...antigamente dizia-se "curto e grosso"! Acho que simples e objectivo, mágico e encantador...os bichinhos agradecem com lambidelas e miadelas e latidelas! ;)) Beijinhos grandes, amiga.


zezinho: Bem, pela parte que me toca (deduzo que estejas a falar realmente do que estás lendo nos livros) fico super lisonjeada...olha, nem sei "onde me meter"! É sempre bom sentir uma apreciação destas da parte de alguém. Principalmente quando, no fundo, os produtos destes actos de escrita acabam por ser uma espécie de "expulsão" de nós próprios, seja de fantasmas, seja de sonhos ou de desejos. Muito obrigado mesmo. mas já ierei ao teu cantinho deixar umas quantas palavras! :))) Beijinhos.


bia: Quantos miminhos bons e bonitos! Agora parece que te aproximaste qual borboleta mágica em concordância com as mágicas palavras do Taliesin! ;) Beijinhos grandes.

tonsdeazul disse...

Su,
:) Beijinho

impulsos disse...

Mais um grande momento, onde as palavras resumem todas as emoções que uma simples imagem pode sugerir e consequentemente, fazer sentir.
Adorei!
Principalmente pela simplicidade.

Parabéns ao seu criador e a ti também, que foste a mentora de uma ideia ímpar, que transforma esta tua casa, numa teia onde todos se prendedem de livre vontade!

Beijo

Lenita Boneca de Porcelana disse...

Su maravilhosa: nem acreditas no cuidadinho que pus no comentário que queria deixar a este post.. e que pensava ter deixado! Não sei o que se terá passado, na certa fiz alguma asneira, lembro-me de estar com pressa, vamos ver se consigo recobrar aquilo que da outra vez escrevi! Eu tenho uma teoria que é, quando isto acontece é porqe aquilo que eu escevi poderia ficar ainda melhor!

O aparentemente frágil barco da felicidade é suficientemente forte para navegar num aroma a sangue... navegando-o, rasgando-o, dominando-o, transformando-o num suave aroma quase imperceptível que não só já não assusta, como quase que delicia...

Quando os oceanos invadirem o teu mundo, não te esqueças que são os mesmos oceanos que te acariciam a pele e brincam contigo em outras alturas... porque a vida é um quadro imaginário, um enigma que, em algum momento, resolvemos resolver... quem precisa sistematicamente do cheiro a terra molhada... se não fosse o cheiro a sangue, talvez nem déssemos pelo cheiro a terra molhada...

Mais ainda do que no aroma a sangue, o barco da felicidade navega nas linhas cruzadas da magia, que transforma os mais terríveis Adamastores dos oceanos nos nossos maiores aliados...

Já não me lembro de como me tinha saído da outra vez... mas desta vez quando acabei de escrever senti-me mais completa do que da outra vez, isso consigo lembrar-me!

Beijo!!!